A infraestrutura das escolas públicas municipais do Litoral Leste cearense no decênio 2010-2020

0
110

A infraestrutura das escolas públicas municipais    do Litoral Leste cearense no decênio 2010-2020O presente artigo tem por objeto abordar sobre o aumento e a diminuição da infraestrutura nas escolas públicas municipais urbanas e rurais de ensino fundamental regular das cidades do Litoral Leste cearenses no decênio 2010-2020, consoante dados do portal QEdu que utiliza os Censos Escolar/INEP.

A educação é um direito social e o ensino deve ter padrão de qualidade como princípio à lume da Constituição Federal de 1988, e a infraestrutura oferecida pela escola é um significativo componente na qualidade do ensino-aprendizagem.

O Censo Escolar/INPE dispõe sobre a infraestrutura dessas escolas públicas municipais com 24 itens sobre alimentação, serviços, dependências, equipamentos, tecnologia e acessibilidade, e mais o número de escolas, alunos matriculados e funcionários.

Os citados dados apontam que, em 2010, as citadas 8 cidades tinham um total de 258 escolas, sendo 101 na zona urbana e 157 na zona rural. Em 2020, esse número caiu para 211 escolas com 97 na área urbana e 114 na rural. Ressalte-se, contudo, que o Eusébio não tem zona rural.

Nesses 10 anos, o Eusébio diminuiu de 30 para 28 o número de escolas; Aquiraz, de 59 para 44; Pindoretama, de 13 para 12; Cascavel, de 57 para 42; Beberibe, de 41 para 31; e no Fortim, de 14 para 10. A zona rural foi a mais afetada com a essa diminuição: Aquiraz e Cascavel com -14; Beberibe com -10; e Fortim com -4.

De 2010 para 2020, houve expressivo aumento e diminuição dos 24 itens integrantes da citada infraestrutura dos estabelecimentos de ensino dos reportados municípios cearenses.

Eusébio

As escolas aumentaram os seguintes itens: 16 p/ 26 a água via rede pública; uma p/ 4 o Laboratório de Ciências; 13 p/ 17 a quadra de esportes; 10 p/ 20 a sala de leitura; 19 p/ 25 a sala dos professores; 8 p/ 16 a sala de atendimento especial; 8 p/ 23 a dependência acessível ao deficiente; e 5 p/ 17 o sanitário acessível ao deficiente.

Diminuiu, contudo, de 18 p/ um a biblioteca; 30 p/ um a cozinha; 23 p/ 2 o Laboratório de Informática; 26 p/ 24 a sala da diretoria; 2 p/ zero o sanitário fora da escola; 30 p/ 19 a impressora; 17 p/ 15 a máquina copiadora; 9 p/ 4 o retroprojetor; 383 p/ 67 o computador p/ uso dos alunos; 75 p/ 28 o computador p/ uso administrativo; e de 1.029 p/ 537 o número de funcionários.

Mantiveram-se com o mesmo número de itens a alimentação p/ os alunos; a coleta de lixo periódica; o sanitário dentro do prédio; a televisão e a internet. Destaque-se que, apenas uma escola tinha esgoto via rede pública. Em 2010, foram 8.439 alunos matriculados; em 2020, o número foi de 9.518.

Aquiraz

Além do número significativo de estabelecimentos de ensino, houve diminuição de 19 p/ 8 a água via rede pública; 29 p/ 10 a biblioteca; 52 p/ 13 o Laboratório de Informática; 53 p/ 37 a sala da diretoria; 3 p/ zero o sanitário fora da escola; 47 p/ 12 a impressora; 18 p/ 3 a máquina copiadora; 13 p/ 5 o retroprojetor; 54 p/ 41 a televisão; e de 1.013 p/ 559 os servidores.

Aumentou o número dos seguintes itens: de 3 p/ 4 o esgoto via rede pública; 10 p/ 12 a quadra de esportes; 15 p/ 23 a sala de leitura; 28 p/ 31 a sala dos professores; 3 p/ 14 a sala de atendimento especial; 5 p/ 44 a internet; 389 p/ 674 o computador p/ uso dos alunos; 13 p/ 44 a dependência acessível ao deficiente; e de 11 p/ 23 o sanitário acessível ao deficiente.

Nessa década, as escolas permaneceram com o mesmo na alimentação dos alunos; a coleta de lixo periódica; a cozinha; o sanitário dentro do prédio; e o computador p/ uso administrativo.

Pindoretama

Houve aumento de um p/ 11 o esgoto via rede pública; 3 p/ 4 a quadra de esportes; 8 p/ 11 a sala de leitura; 5 p/ 8 a sala dos professores; zero p/ 5 a sala de atendimento especial; 5 p/ 12 a internet; de uma p/ 8 a dependência acessível ao deficiente; e de um p/ 7 o sanitário acessível ao deficiente. Manteve-se com os mesmos itens sobre a alimentação dos alunos; a coleta de lixo periódica; a cozinha; e o sanitário dentro da escola.

Por outro lado, diminuiu de 3 p/ a água via rede pública; 6 p/ zero a biblioteca; 12 p/ 3 o Laboratório de Informática; 12 p/ 11 a sala da diretoria; um p/ zero o sanitário fora da escola; 13 p/ uma a impressora; 9 p/ uma a máquina copiadora; 3 p/ zero o retroprojetor; 11 p/ 7 a televisão; 147 p/ 43 o computador p/ uso dos alunos; 19 p/ 5 o computador p/ uso administrativo; e de 344 p/ 198 o número de agentes públicos.

Beberibe

O aumento se deu nos itens: de 11 p/ 12 a água via rede pública; 2 p/ 3 o esgoto via rede pública; 3 p/ 4 a biblioteca; 18 p/ 19 a quadra de esportes; 21 p/ 27 a sala dos professores; zero p/ 10 a sala de atendimento especial; 13 p/ 16 o retroprojetor; 23 p/ 30 a internet; 3 p/ 24 a dependência acessível ao deficiente; e de 3 p/ 19 o sanitário acessível ao deficiente. A alimentação dos alunos, a cozinha e o sanitário no prédio mantiveram-se igual na década.

Teve diminuição de 36 p/ 30 a coleta de lixo periódica; 32 p/ 10 o Laboratório de Informática; 25 p/ 21 a sala de leitura; 36 p/ 30 a sala da diretoria; um p/ zero o sanitário fora da escola; 37 p/ 13 a impressora; 9 p/ 5 a máquina copiadora; 36 p/ 25 a televisão; 277 p/ 62 o computador p/ uso dos alunos; 67 p/ 28 o computador p/ uso administrativo; e 938 p/ 341 o total de funcionários públicos.

Fortim

Itens que diminuíram nas escolas: 4 p/ uma a biblioteca; 8 p/ 2 o Laboratório de Informática; 10 p/ 3 a impressora; 2 p/ uma a máquina copiadora; 4 p/ zero o retroprojetor; 107 p/ 10 o computador p/ uso dos alunos; 14 p/ 8 o computador p/ uso administrativo; e de 355 p/ 147 os servidores. Os itens com o mesmo número de escolas nesses anos foram à alimentação p/ os alunos; a cozinha; o sanitário dentro do prédio; e a televisão.

Com aumento ocorreu de 6 p/ 8 a água via rede pública; 8 p/ 10 a coleta de lixo periódica; 3 p/ 5 a quadra de esportes; 4 p/ 6 a sala de leitura; 2 p/ 9 a sala dos professores; zero p/ 4 a sala de atendimento especial; 4 p/ 10 a internet; 4 p/ 9 a dependência acessível ao deficiente; e de 2 p/ 8 o sanitário acessível ao deficiente. Na década, a sala p/ a diretoria em 8 escolas. Zerados o esgoto via rede pública e o sanitário fora da escola.

Aracati

Itens que permaneceram iguais ao número de escolas: a alimentação dos alunos e a cozinha. O aumento efetivou-se de 25 p/ 30 a água vida rede pública; zero p/ 6 o esgoto via rede pública; 26 p/ 33 a coleta de lixo periódica; 16 p/ 17 a biblioteca; 1 p/ 3 o Laboratório de Ciências; 9 p/ 12 a quadra de esportes; 16 p/ 18 a sala de leitura; 14 p/ 22 a sala dos professores; zero p/ 18 a sala de atendimento especial; 36 p/ 37 o sanitário dentro da escola; 6 p/ 27 o retroprojetor; 23 p/ 37 a internet; 384 p/ 1.832 o computador p/ uso dos alunos; 1 p/ 27 a dependência acessível ao deficiente; e de zero p/ 21 o sanitário acessível ao deficiente.

A diminuição ocorreu de 32 p/ 15 o Laboratório de Informática; 28 p/ 22 a sala da diretoria; 1 p/ zero o sanitário fora da escola; 31 p/ 24 a impressora; 17 p/ 7 a máquina copiadora; 33 p/ 30 a televisão; 40 p/ 33 o computador para uso dos alunos; e de 791 p/ 359 os agentes públicos.

Icapuí

Preservou-se com o mesmo número de escolas a alimentação dos alunos; a coleta de lixo periódica; a cozinha; a sala da diretoria; e o sanitário dentro da escola. Houve aumento de 5 p/ 6 a água via rede pública; 6 p/ 7 a quadra de esportes; 2 p/ 3 a sala de leitura; zero p/ sala dos professores; 3 p/ 7 o retroprojetor; 3 p/ 7 a internet; 3 p/ 5 a dependência acessível ao deficiente; e de 2 p/ 3 o sanitário acessível ao deficiente.

Zerados continuaram o esgoto via rede pública e o sanitário fora da escolaDiminuiu de 7 p/ 6 a biblioteca; 7 p/ um o Laboratório de Informática; 3 p/ 2 o Laboratório de Ciências; 7 p/ 6 a sala dos professores; 7 p/ 6 a impressora; 6 p/ 4 a máquina copiadora; 7 p/ 3 a televisão; 110 p/ 20 o computador p/ uso dos alunos; 13 p/ 7 o computador p/ uso administrativo; e de 297 p/ 84 os funcionários públicos 

A infraestrutura das escolas públicas municipais    do Litoral Leste cearense no decênio 2010-2020

Registre-te, por relevante, que as instituições municipais de ensino de Pindoretama, Beberibe e Fortim não tiveram Laboratório de Ciências nesses anos de 2010 e 2020Em 2021, a supradita população é estimativa do IBGE.  

A infraestrutura das escolas públicas municipais    do Litoral Leste cearense no decênio 2010-2020

DEIXE UMA RESPOSTA