Autores e Compositores cearenses estarão presentes na Bienal do Livro de SP

0
333
Divulgação / Assessoria

A 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que acontece de 03 a 12 de agosto, no Anhembi, contará pela segunda edição seguida com um estande exclusivo criado para resgatar a Cultura Popular Nordestina. O espaço denominado “Cordel e Repente” e organizado pela Editora IMEPH em parceria com a Câmara Cearense do Livro (CCL) e Câmara Brasileira do Livro (CBL), levará um caminhão personalizado para dentro do pavilhão, que se transformará em um grande palco para artistas que se expressam através dessa literatura.

Entre os destaques da programação está o compositor e músico cearense Adelson Viana. Acordeonista, tem DVDs gravados além de participação em trabalhos de artistas como Dominguinhos, Lenine, Naná Vasconcelos e Zeca Baleiro. Também é autor do livro o Nordeste nas Canções de Luiz Gonzaga (Editora Imeph), onde interpertreta as músicas e partituras do livro.

Outra atração do espaço é do cantor e compositor Moraes Moreira, integrante do grupo “Novos Baianos”, que fará o lançamento de uma nova edição do livro “A História dos Novos Baianos e Outros Versos”, escrito em linguagem de cordel. Após o lançamento com sessão de autógrafos, o artista fará um pocket show para o público.

Outros nomes já confirmados são os ds artistas e escritores Maciel Melo, Socorro Lira, Paola Torres, Xangai, Chambinho do Acordeon, Adelson Viana, Paulo de Tarso, Klévisson Viana, Rouxinol do Rinaré, Marco Aurélio (BA), Crispiniano Neto (RN), Antônio Francisco (RN), Arlene Holanda (CE), José Walter, Bráulio Tavares, Celso Antunes, Marcos Mairton entre outros. (ver programação anexo)

“O Espaço do Cordel e Repente se consolidou como uma ação de grande porte na divulgação, preservação e disseminação das artes e saberes ligados a cultura tradicional nordestina. Com muita satisfação, vamos levar esse ano cerca de 100 artistas entre cordelistas, repentistas, escritores, músicos e contadores de histórias. Na edição de 2016, fomos eleitos pelo Instituto Data Folha como o segundo espaço mais visitado da 24ª Bienal, esse ano, gostaríamos de ser o primeiro.”, comenta Lucinda Marques, curadora do espaço.

Outra atração de destaque da programação da Editora Imeph na Bienal é o lançamento do livro “Andei por Aí – Narrativas de uma Médica em Busca da Medicina”, da pernambucana radicada no Ceará Paola Tôrres Costa com prefácio do médico Dráuzio Varella com quem gravou uma WebSérie sobre Linfoma (tipo de câncer do sangue) que é uma das suas especialidades.

Em Fortaleza, a médica ensina e pratica Medicina como professora Titular da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Unifor. Também é médica no CRIO (Centro Regional Integrado de Oncologia), onde atende pacientes com câncer. É escritora, cordelista, compositora, tocadora de rabeca e outros instrumentos. Ministra palestras e oficinas em educação médica, medicina integrativa, promoção de saúde em oncologia e outros temas da cultura popular e medicinas ancestrais do povo brasileiro. É fundadora e presidente do Instituto Roda da Vida, ONG que oferece de forma gratuita Medicina Integrativa para pessoas com câncer e seus familiares

DEIXE UMA RESPOSTA