Camilo faz balanço de sete anos da sua gestão na Fiec

0
57
Camilo faz balanço de sete anos da sua gestão na Fiec
GOVERNADOR CAMILO SANTANA PARTICIPA DE ALMOCO ORGANIZADO PELA FEDERACAO DAS INDUSTRIAS DO ESTADO DO CEARA FOTOS: CARLOS GIBAJA/ GOV. DO CEARA TAGS: CAMILO SANTANA, ALMOCO, FIEC

Durante evento com empresários cearenses, promovido pela Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), na sexta-feira (10 de dezembro) o governador Camilo Santana fez um balanço das principais ações desenvolvidas pelo Governo do Ceará durante os últimos sete anos, e anunciou a criação do Planejamento Espacial Marinho (PEM), incluindo a assinatura de um decreto que prevê a instituição do Comitê Estratégico com a finalidade de discutir e definir as diretrizes concernentes ao desenvolvimento e elaboração do PEM Ceará. Tambem estiveram presentes na solenidade, a vice-governadora do Ceará, Izolda Cela; o presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão; o vice-prefeito de Fortaleza, Élcio Batista; e o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Ricardo Cavalcante.

Sobre a área da economia, Camilo Santana celebrou os números positivos do Ceará. “O Ceará tem crescido o dobro à frente dos números do Brasil, em investimentos públicos. Estou terminando meu sétimo ano como governador, e a coisa mais importante que eu tenho trabalhado é que o Estado tenha a capacidade de investimento. Pois se o Estado não tiver essa capacidade, ele só não leva os serviços à população, como ele também não movimenta a economia. E por seis anos consecutivos, nós somos o Estado número um em investimento público no Brasil, proporcional à nossa economia”.

Camilo faz balanço de sete anos da sua gestão na Fiec

Planejamento Espacial Marinho

Na ocasião, o governador do Ceará instituiu a criação do Planejamento Espacial Marinho (PEM) do Ceará, que, nos termos do Decreto assinado, promove o Comitê Estratégico (PEM Ceará) com a finalidade de discutir e definir as diretrizes para o desenvolvimento e a elaboração do (PEM) do Ceará.

“O Comitê Estratégico tem como objetivo apresentar estudos que possam subsidiar as autoridades competentes na elaboração de atos normativos e regulatórios relacionados ao uso do mar e ao seu ordenamento, no âmbito público e privado”, aponta o governador no documento.

Na ocasião do Governo do Ceará lançou também o Atlas Digital Costeiro Marinho do Ceará. O Projeto inclui a geração de informações e possui relevância no âmbito da Economia do Mar, Planejamento Espacial Marinho, Zoneamento Ecológico-Econômico, Licenciamento, Ocupação Imobiliária e Fiscalização.

Camilo faz balanço de sete anos da sua gestão na Fiec

Hidrogênio Verde

Governo do Ceará e Fiec exaltaram a cooperação que resultou, até aqui, na assinatura de 13 memorandos de entendimento que sinalizam a instalação de empresas estrangeiras com o objetivo de produzir hidrogênio verde no Complexo do Pecém, no Ceará. “A Fiec se sente muito honrada de participar, junto ao Governo do Ceará, Universidade Federal do Ceará (UFC) e do Complexo do Pecém, da consolidação do Hub do Hidrogênio Verde no Ceará. Podemos constatar também, durante uma missão internacional nos Emirados Árabes, que o Ceará possui um enorme potencial de atração de investimento. Para finalizar, sugiro aos industriais cearenses que invistam em nossa ZPE, que está pronta para fazer o seu negócio prosperar ainda mais, sempre com o suporte do Governo do Ceará”, frisou Ricardo Cavalcante.

No campo das energias renováveis, Camilo Santana lembrou da inauguração da segunda maior usina fotovoltaica da América Latina, além de falar sobre o potencial do Hidrogênio Verde no Ceará. “Está em funcionamento no Ceará, entre Limoeiro do Norte e Tabuleiro do Norte, a segunda maior usina fotovoltaica da América Latina, além de um parque imenso de usina solar com investimentos que totalizam cerca de R$ 58 bilhões para o Ceará. Nós temos de abraçar essa causa do Hidrogênio Verde no Ceará, que pode abrir um leque de oportunidades para a economia do Estado, em todos os segmentos. A Europa não tem a capacidade de produção que as grandes empresas multinacionais buscam para investir em Hidrogênio Verde, e o Ceará possui. Por isso, temos que agarrar essa oportunidade. Nós já partimos na frente, e pela nossa localização geográfica, nós podemos importar uma energia limpa e renovável para a Europa e o mundo. Além disso, há a necessidade da produção de energia eólica e solar, para abastecer as usinas de Hidrogênio Verde, e assim mais oportunidades da instalação no interior do Estado para a produção dessas energias limpas vão surgindo”, ressaltou o governador do Ceará.

Camilo faz balanço de sete anos da sua gestão na Fiec

Economia e pandemia

Para o presidente da Fiec, Ricardo Cavalcante, Camilo Santana tomou as melhores decisões durante a pandemia. “Governador Camilo Santana, se não fosse a sua empatia, com os mais diferentes segmentos da sociedade, certamente o Estado do Ceará não estaria na condição que ele se encontra hoje. O compromisso coletivo que celebramos juntos desde o início da pandemia, e que tivemos a responsabilidade de cumprir à risca, nos permitiu superar todos os desafios”, atestou.

Na área da Saúde, Camilo Santana agradeceu o apoio da Fiec às ações de Saúde, como o desenvolvimento do capacete Elmo, para atendimento aos pacientes com Covid-19 e que pode evitar a intubação, fato reconhecido pelo presidente Ricardo Cavalcante. “Estamos orgulhosos dos resultados obtidos e vê o quanto aqueles mil elmos doados ao Governo do Ceará, além dos 370 respiradores pulmonares que recuperamos de forma integral na central de respiradores que implantamos no Senai, além da montagem de muitos leitos para atender pacientes com Covid, patrocinados por muitos dos industriais aqui presentes, todas as ações fizeram a diferença durante a pandemia”, listou.

Camilo faz balanço de sete anos da sua gestão na Fiec

Já o governador Camilo Santana, reafirmou que toda a estrutura de UTI instalada nos municípios cearenses durante a primeira onda da Covid-19, permanece nos municípios para atender a outras demandas de saúde. “Antes da pandemia, somente três municípios tinham leitos de UTI no Ceará. Hoje, atendemos todas as regiões do Estado ao implantar leitos de UTI em 26 municípios. E, em muito breve, nós vamos fazer um evento com os prefeitos para anunciar que nós vamos manter toda essa estrutura de UTI nas cidades”, disse o governador.

No evento estiveram presentes secretários de Estado, vereadores de Fortaleza, deputados estaduais e federais, empresários e industriais do Ceará, convidados especiais do evento, e demais autoridades de Estado e Município. (Com informações da Comunicação do Estado).

 

Camilo faz balanço de sete anos da sua gestão na Fiec

DEIXE UMA RESPOSTA