Centros de Atendimento realizaram cerca de 30 mil consultas em Horizonte

0
320
Reprodução/KBcom

Desde o início da atual gestão, iniciada em janeiro de 2017, uma especial atenção vem sendo dedicada aos Centros de Atendimento Psicossocial (CAPS) Geral e AD. Ao longo de 2018, os dois CAPS realizaram 30.204 consultas e procedimentos provenientes de serviços médicos, enfermagem, psicologia, terapia ocupacional, serviço social e educação física. Além disso, a Prefeitura realizou diversas melhorias com a saúde mental do município como a contratação de profissionais, a aquisição de novos equipamentos, inclusive dois veículos, a recuperação das instalações físicas, a inserção de atendimento em auriculoterapia como prática integrativa de saúde.

Mais de 3.500 pessoas são capacitadas 

Horizonte capacitou mais de 3.500 pessoas desde 2017. A maior parte desse público são pessoas assistidas pelos Cras, nas mais diversas áreas, entre elas gastronomia, moda e artesanato, beleza e motivação. O objetivo desta iniciativa é oferecer aos participantes a oportunidade de empreender, gerar o próprio negócio ou disputar uma nova vaga de trabalho. No campo, foram 503 agricultores e produtores beneficiados, na maioria, moradores de Aningas, com capacitações realizadas em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural. Entre os 38 cursos realizados desde 2017 estão operador de motosserra, produção artesanal de pães e operação e manutenção de tratores agrícolas.

Estudantes são destaques em competições nacionais

A participação vitoriosa dos estudantes das escolas públicas municipais de Horizonte nas variadas olimpíadas ocorre de maneira crescente comparando os últimos dois anos. Em 2017 duas estudantes das EMEF`s Maria José de Sousa e Francisca Gadelha Pires, conquistaram medalhas de bronze na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas e Privadas – OBMEP. Na edição 2018 mais uma vez, dois estudantes medalhistas sendo uma de bronze e a outra de prata, além de 16 menções honrosas. Já na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica – OBA edição 2018, 4 alunos da EMEF José Eduardo de Sousa foram medalhistas com uma de ouro e três de bronze e mais um estudante da EMEF Deputado Ulisses Guimarães com a medalha de prata. Também destacou-se a participação na Mostra Brasileira de Foguetes – MOBFOG, tendo Horizonte conquistado sete medalhas, sendo seis de prata e uma de bronze, todos os estudantes alunos da EMEF Maria Luíza Barbosa Chaves.

Projeto Comunidades de Aprendizagem atua em 12 instituições

A Secretaria de Educação de Horizonte, em parceria com o Instituto Natura, desenvolve o projeto Comunidade de Aprendizagem – CdA. Trata-se da vivência de Atuações Educativas de Êxito voltadas para a transformação educacional e social, que começam na escola, mas integra tudo o que está ao seu redor, unindo ao mesmo tempo, eficiência, equidade e coesão social. Este projeto está presente em 12 instituições educacionais. Ao se destacar nas ações desenvolvidas com o Projeto CdA, o município foi convidado a apresentar sua experiência no II Encontro Regional em Comunidade de Aprendizagem, realizado em Recife (PE). Na ocasião foi apresentada a ampliação da atuação educativa de êxito em toda a rede municipal.

DEIXE UMA RESPOSTA