Lucro líquido ajustado do BB atinge R$ 3,0 bi no 1T18

0
302

O Banco do Brasil registrou lucro líquido ajustado de R$ 3,0 bilhões no 1T18, crescimento de 20,3% em relação ao 1T17. O resultado foi influenciado pelo aumento das rendas de tarifas, redução das despesas de provisão e das despesas administrativas.

O retorno sobre patrimônio líquido (RSPL) aumentou para 13,2%, o que reforça o compromisso com o aumento da rentabilidade.

Controle de despesas

A contínua busca de eficiência tem possibilitado a manutenção do controle das despesas administrativas que tiveram queda de 5,8% em relação ao último trimestre de 2017.

Com o desenvolvimento da estratégia digital e o avanço na reorganização institucional, o Banco do Brasil encerrou março com 588 agências digitais e especializadas, crescimento de 31% na comparação com março do ano passado. O número de funcionários em agências e escritórios digitais teve reforço de 4.465 funcionários na visão anual, fechando março com 9.428 dedicados aos segmentos Estilo e Exclusivo.

O índice de eficiência alcançou 38,5% no 1T18, ante 39,3% no 1T17. O índice de eficiência mede quanto o Banco gasta para gerar receita.

DEIXE UMA RESPOSTA