Ouvidoria do TCE participa de painel no seminário Prefeitos Ceará 2018

0
349

No segundo e último dia do Seminário Prefeitos Ceará 2018, que ocorreu no Centro de Eventos na terça-feira, 5 de junho, o ouvidor do TCE Ceará, conselheiro substituto Davi Barreto, participou do ciclo de painéis que encerrou o encontro. Observando a temática do evento, “Governança e Transparência”, Barreto destacou os principais mecanismos que as instituições públicas possuem para executar bem seu trabalho, pois “sustentam o aprimoramento e a divulgação das ações que dizem respeito aos interesses da sociedade”.

“O mundo está evoluindo e em constante transformação”, aponta o Ouvidor. “Assim também deve acontecer com as ouvidorias. Para isso, devemos ficar atentos às novas ferramentas de controle social disponíveis na atualidade”, completa. Ao exemplificar a evolução dos diversos canais de acesso que a Ouvidoria da Corte de Contas apresenta, destacou que tem ocorrido uma boa distribuição das formas de contato com o usuário: a maior adesão encontra-se no serviço por telefone (38%), seguida do Sistema Eletrônico (27%), do e-mail institucional (24%) e do contato presencial (11%).

“Também não há motivo para procurar os melhores dispositivos se não houver a busca pelo constante aperfeiçoamento no atendimento”. O Conselheiro Substituto chamou atenção para o senso de humanização e de dar importância aos anseios daqueles que procuram o setor, sublinhando que o diferencial da Ouvidoria do Tribunal é de estar cada vez mais preparada a oferecer devida atenção para cada demanda recebida.

O expositor do painel “Ouvidoria do Tribunal de Contas do Estado do Ceará: aspectos de fiscalização e orientação” revelou que, com a absorção das demandas oriundas do extinto TCM, a unidade vem gradualmente dirigindo suas tarefas nessas duas vertentes em consonância com as demais áreas do órgão, exemplificando que somente a Coordenadoria de Assistência Técnica aos Municípios (Cotem) já respondeu, desde outubro do ano passado, mais de 440 solicitações enviadas pela Ouvidoria.

Por fim, o Ouvidor realçou como o TCE pode ajudar, por meio de parcerias institucionais e um atendimento de excelência, no desenvolvimento da Gestão Pública, não só das entidades jurisdicionadas do Estado mas também dos 184 municípios cearenses. Davi Barreto lembrou que a Ouvidoria se dedica a capacitações constantes desde 2015 e está presente junto aos projetos do Instituto Plácido Castelo (IPC), como as visitas ao interior pelo programa TCEduc, realizadas neste primeiro semestre de 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA