TRE-CE é prata no Prêmio CNJ de Qualidade

0
55
TRE-CE é prata no Prêmio CNJ de Qualidade

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará conquistou o Selo Prata no Prêmio CNJ de Qualidade. O resultado foi anunciado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) nesta sexta-feira, 3 de dezembro, durante o XV Encontro Nacional do Poder Judiciário, realizado de forma virtual, pelo canal do CNJ no Youtube.

O TRE-CE atingiu 81,1% da pontuação máxima no Prêmio CNJ de Qualidade do ano de 2021 e foi congratulado na categoria: Prata. Em 2020, o tribunal obteve 79,15% da pontuação.

O presidente do TRE-CE, des. Inacio de Alencar Cortez Neto, comemora a conquista: “Estamos a cada ano aprimorando aspectos de gestão a partir do trabalho profícuo de magistradas e magistrados, servidoras e servidores, bem como colaboradoras e colaboradores. O principal objetivo é proporcionar ao nosso público um serviço de excelência, nos campos jurisdicional e administrativo. Ficamos, ainda, extremamente satisfeitos com o desempenho da Justiça Eleitoral como um todo, o que demonstra a qualidade desse ramo da Justiça”.

E, conclui o presidente: “Rendo meu agradecimento a todas as pessoas que fazem a Justiça Eleitoral no Ceará. Vamos seguir adiante e buscar sempre o melhor resultado para a sociedade”.

Em anos anteriores, o TRE-CE foi agraciado nas seguintes categorias: Ouro (três vezes), Prata (uma vez) e Bronze (duas vezes).

Prêmio CNJ de Qualidade
O Prêmio CNJ de Qualidade foi criado em 2019, em substituição ao antigo Selo Justiça em Números, implementado desde 2013. Os critérios foram aperfeiçoados e vários itens incluídos, especialmente os relacionados à produtividade e melhoria da qualidade de prestação jurisdicional.

Todos os tribunais participam do Prêmio CNJ de Qualidade, incluindo os tribunais superiores, os 27 Tribunais de Justiça (TJs), os cinco Tribunais Regionais Federais (TRFs), os 24 Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs), os 27 Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e os três Tribunais de Justiça Militar (TJMs) dos estados.

TRE-CE é prata no Prêmio CNJ de Qualidade

DEIXE UMA RESPOSTA