Trio é preso após chacina na Sapiranga, em Fortaleza

0
45
Trio é preso  após chacina na Sapiranga, em Fortaleza
Polícia prendeu três suspeitos Foto: Divulgação/DN

Em uma resposta rápida, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) prendeu três suspeitos de envolvimento em uma ocorrência, registrada na madrugada deste sábado  (25 de dezembro ), que resultou nas mortes de cinco pessoas no bairro Sapiranga, em Fortaleza. As prisões ocorreram menos de dez horas após o crime. Além das prisões, foram apreendidas seis armas de fogo.

O trabalho é desenvolvido pelos Departamentos de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), de Polícia Judiciária da Capital (DPJC) e de Inteligência (DIP), em conjunto com a Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) da PC-CE. A Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) também subsidia as investigações. Mais detalhes do trabalho policial serão divulgados em momento oportuno, pois a ocorrência está em andamento.

De acordo com as informações policiais, cinco homens foram mortos a tiros por indivíduos quando estavam em um campo, situado na região. Duas vítimas já identificadas, com idades de 21 e 26 anos, possuíam passagens pelos crimes de associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo, receptação e contravenção penal por perturbação do sossego alheio.

Equipes da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foram acionadas e realizaram os primeiros levantamentos no local. Durante a ação criminosa, outras seis pessoas foram baleadas e socorridas para uma unidade hospitalar.

Equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE), por meio do 19° Batalhão (BPM) e do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) reforçaram o policiamento na região e realizam saturações pela área.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias podem ser encaminhadas ainda para o número (85) 3257-4807, do DHPP. O sigilo e o anonimato são garantidos. Fonte: SSPDS.

Trio é preso  após chacina na Sapiranga, em Fortaleza

DEIXE UMA RESPOSTA