Pitombeiras, distrito de Cascavel-CE sente tremor de terra

0
166
thumbnail PITOMBEIRAS

Tremores de terra foram registrados ontem (7/7) e anteontem (6/7) no distrito de Pitombeiras, no município de Cascavel-CE. O coordenador da Defesa Civil do Estado, João Alfredo, disse que os tremores não passaram de um grau na escala Richter.

Ele afirmou que são registrados microtremores diariamente em Pitombeiras. Segundo o coordenador, são abalos sísmicos de origem tectônica (deslocamentos de rochas no interior da terra).

Quase sempre são superficiais e de baixa magnitude. São sentidos em áreas restritas e quase nunca produzem danos materiais graves.

O abalo de anteontem foi sentido por pessoas dentro de casa. Foram ouvidos ruídos semelhantes à passagem de um caminhão pesado, segundo descreveram.

A Defesa Civil mantém quatro sismógrafos na região. O técnico Francisco das Chagas Brandão, responsável pela manutenção do equipamento, disse que o tremor de maior intensidade registrado no distrito ocorreu em 11 de agosto de 1994. Foi de 3,3 graus na escala Richter.

O enfermeiro aposentado Edmilson de Souza Ferreira 52, que mora em Pitombeiras, disse que já está acostumado aos tremores.

Ele afirmou, no entanto, que sente medo quando a intensidade é maior. “A gente não sabe o que é. Vê o terremoto do Japão na televisão e se for um tremor mais forte, dá para ficar apavorado”, disse.

Quase todas as casas do distrito apresentam rachaduras na parede. Ferreira colocou em sua casa armações de ferro e cimento nos cantos das paredes, mas novas rachaduras aparecem com frequência.

Os técnicos da Defesa Civil fizeram em agosto do ano passado trabalho de esclarecimento entre a população de Pitombeiras.

Deram palestras e distribuíram folhetos explicativos. Mesmo assim, segundo disse Souza, algumas famílias já saíram do distrito.

“Eu mesmo só não saí ainda porque não encontrei quem comprasse minha casa”, declarou. (Com informações da Folha de S.Paulo)