Camilo Santana e Cid Gomes podem ser oposição em Pindoretama

0
31
Prefeito Dedé Soldado e vereadora Sabryna Rocha - Foto; Divulgação/Facebook
Prefeito Dedé Soldado e vereadora Sabryna Rocha - Foto; Divulgação/Facebook

Por Equipe do Ceará Leste

A pré-candidata do PT do ministro Camilo Santana, a vereadora Sabryna Rocha,  e o pré-candidato à reeleição do PSB do senador Cid Gomes, prefeito Dedé Soldado, em Pindoretama, podem colocar os dois aliados políticos em campos opostos nas eleições municipais de 6 de outubro de 2024. A parlamentar também tem o apoio do Palácio da Abolição.

Eleito pelo PL bolsonarista e aliado do prefeito do Eusébio, Acilon Gonçalves, o policial Dedé Soldado ou Dedé Mendes migrou para o PSB buscando construir apoio político que favoreça sua reeleição nas eleições deste ano. O Chefe do Executivo de Pindoretama tem maioria na Câmara Municipal, e deverá lançar a candidatura de um número expressivo à Câmara Municipal. Outro ponto desse imbróglio é que o presidente estadual do PSB é o pai do ministro, ex-deputado estadual Eudoro Santana.

A advogada Sabryna Rocha faz parte de um grupo de vereadores de oposição ao gestor municipal desde o início da sua administração, quando fez várias denúncias de irregularidades. Sabryna é apadrinhada pelo deputado federal José Guimarães, e tem o apoio do prefeito de Cascavel, Tiago Ribeiro, que migrou para o PT recentemente, e do ex-prefeito Valdemar Araújo. Dedé Soldado derrotou o candidato e vice de Valdemar nas eleições de 2020, Tadeu Fernandes.

Segundo fontes, no momento, não há possibilidade de um apoiar o outro, muito menos de um renunciar à pré-candidatura em nome do outro.