Programa Pet Protegido Ceará distribui 6 mil coleiras antiparasitárias

0
11
A coleira é um meio de controle de ectoparasitas em cães - Foto: Divulgação/Centec.
A coleira é um meio de controle de ectoparasitas em cães - Foto: Divulgação/Centec.
A Secretaria da Proteção Animal (Sepa) em parceria com o Instituto Centec, lança nesta sexta-feira, 05 de julho,  o programa de encoleiramento e proteção animal, Pet Protegido Ceará. A ação vai distribuir 6 mil coleiras antiparasitárias em todo o estado, por meio da Rede Centec (CVTs, CVTecs e Fatecs).

A ação tem o intuito de distribuir de forma gratuita 6 mil coleiras antiparasitárias em um dia, de forma simultânea, por meio das unidades da rede Centec presentes em 34 municípios do Ceará.

As coleiras serão destinadas aos animais de pessoas que estão em situação de vulnerabilidade socioeconômica, que não têm condições de comprar o item.

A coleira antiparasitária é um método de controle de ectoparasitas em cães que possui agentes químicos em sua composição capazes de combater e previnir a infestação de pulgas, carrapatos e mosquitos. Por essa razão, o correto uso da coleira aliado á boas práticas de higiene sanitária se mostram uma importante ferramenta na prevenção de doenças como a Leishamniose, zoonose de extrema relevância a nível nacional e endêmica em nossa região.

Com foco na proteção animal, saúde e bem-estar dos bichinhos, o programa Pet Protegido Ceará é uma ação inovadora, onde o Ceará é o primeiro estado do Brasil a implementar uma ação de encoleiramento gratuito para os animais, garantindo uma melhor qualidade de vida para os animais e suas comunidades.

“O Centec, em conjunto com a Sepa, está na vanguarda desta iniciativa. Temos que começar as políticas de proteção animal de algum ponto. A coleira tem seis meses de validade, garantindo proteção aos bichinhos”, enfatizou Estevão Romcy, secretário da Sepa.

Neste dia também será realizada uma Pesquisa Amostral que visa estimar o quantitativo de animais cadastrados em todo o estado. Além disso, os tutores dos animais receberão orientações sobre os cuidados com a saúde dos seus bichinhos, com mobilização de toda a rede de proteção animal dos municípios participantes. Com informações do Centec.