Composição da AL muda com eleição de cinco deputados para prefeituras

0
77
thumbnail image

As eleições municipais de 2020 alteram em 10,86% o quadro de parlamentares da Assembleia Legislativa do Ceará. A eleição de cinco deputados para prefeituras resultará na efetivação dos suplentes, após renúncia dos titulares que tomam posse a partir do dia 1 de janeiro de 2021 como prefeitos municipais.

O presidente da AL, deputado José Sarto (PDT), foi eleito prefeito de Fortaleza. O suplente a ser efetivado será Manoel Duca (PDT).

O deputado Vitor Valim (Pros) também sai do Legislativo para assumir a prefeitura de Caucaia, maior município da Região Metropolitana de Fortaleza. O suplente Tony Brito (Pros) será efetivado no cargo de deputado estadual para o período de 2021-2022.

No 1º turno das eleições já haviam sido eleitos três deputados estaduais: Bruno Gonçalves (PL), em Aquiraz; Nezinho Farias (PDT), em Horizonte e Patrícia Aguiar (PSD), em Tauá. Para assumir as vagas desses parlamentares, serão efetivados os suplentes das coligações de cada parlamentar.

Gordim Araújo assumirá a vaga do deputado Bruno Gonçalves pela bancada do Patriota. O primeiro suplente Lucílvio Girão (PP), assume vaga de Nezinho Farias. Já a vaga da deputada Patrícia Aguiar será assumida por Davi de Raimundão (MDB).

MESA DIRETORA

O mandato da atual Mesa Diretora da AL segue até o dia 31 de janeiro de 2021, mas as eleições para a nova composição acontecerão neste mês de dezembro. Parlamentares eleitos para presidência, vice-presidências, secretarias e suplências devem assumir em 1º de fevereiro de 2021, com o início dos trabalhos na Casa após recesso parlamentar.

Com a posse de Sarto na Prefeitura de Fortaleza, a presidência da Casa deve ser ocupada, no período de 1º a 31 de janeiro de 2021, pelo deputado Fernando Santana (PT),  atual 1º vice-presidente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here