Acrísio Sena solicita criação de Curso de Veterinária em Limoeiro do Norte

0
193
thumbnail image

O deputado estadual Acrísio Sena (PT) enviou requerimento para a reitora da Universidade Estadual do Ceará (UECE),Josete Sales, solicitando a implantação do curso de Medicina Veterinária em Limoeiro do Norte, município localizado na Região do Vale do Jaguaribe. O curso será na Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos (FAFIDAM). O documento é datado de 19 de junho de 2020.

A implantação do curso impulsionará a economia de Limoeiro e modernizar a atividade agropecuária em toda região. Para Acrísio Sena, o curso abrirá “novas fronteiras para o município como a profissionalização para os jovens de Limoeiro e de municípios vizinhos”. A solicitação inicial foi feita pelo vereador da cidade Washington Lopes.

No documento, o parlamentar diz que o pleito se justifica pelo propósito de, dentro das ações governamentais de interiorização do ensino superior, oferecer o curso de medicina veterinária para a população de um modo geral, além de beneficiar os municípios que integram a região do Vale do Jaguaribe. A iniciativa visa promover a qualificação profissional de inúmeros jovens, bem como proporcionando a permanência dessa parcela da população em seus respectivos municípios, haja vista a extrema necessidade de profissionais da área.

A Universidade Estadual do Ceará mantém campus em Fortaleza, com unidades em Crateús, Iguatu, Itapipoca, Quixadá, Caucaia, Tauá, Beberibe, Campos Sales, Jaguaribe, Maranguape, Missão Velha, Mauriti, Orós, Brejo Santo, Piquet Carneiro, Quixeramobim, Russas e Limoeiro do Norte.

Segundo o parlamentar, o pleito se justificapor ser o Médio e o Baixo Jaguaribe regiões de expressiva atuação na agropecuária, importante setor econômico do Estado a exigir, dentre outras, assistência científica e sanitária para os procedimentos relacionados à atividade.

 A região tem expressiva visibilidade em vários setores, dentre eles a agropecuária, o que se comprova com a ação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Ao lançar a AgroNordeste, no intuito de diminuir as diferenças regionais que existem hoje na agricultura, incluiu o Vale do Jaguaribe (CE), dentre os 12 territórios da etapa 2019/2020, abrangendo 410 mil estabelecimentos rurais.  Neles foram identificadas 23 cadeias produtivas com potencial de crescimento, entre elas caprinos, ovinos, arroz, leite, mel, frutas, crustáceos, mandioca, feijão, tomate, cebola e cachaça.

Dados da atividade econômica relacionada à Agropecuária na região do Vale do Jaguaribe apontam um desenvolvimento econômico acentuado, com a geração de 2.798 empregos, o que representa 11,99% dos empregos formais no estado. Sob outro foco, no que diz respeito aos estabelecimentos comerciais de medicamentos veterinários, artigos para animais, ração e animais, tem-se 141 unidades, o que corresponde a 4,44% do estado.

A Região do Vale do Jaguaribe, onde se insere o município de Limoeiro do Norte, concentrou 12,25% de participação do Valor Adicionado Bruto (VBP)[1] da agropecuária, destacando-se por ser uma bacia leiteira, quando mesmo em período de seca manteve o ritmo de crescimento da produção de leite devido à tecnologia utilizada. Verificou-se, ainda, que as regiões do Vale do Jaguaribe, Serra da Ibiapaba, Litoral Leste e Maciço de Baturité detêm considerável valor de seu Valor Adicionado Básico (VAB)[2] vinculado a essa atividade, possuindo, também, essas regiões, significativas parcela de população no meio rural.

Outro fator importância é estreitar a distância entre a necessidade dos municípios que formam o Vale do Jaguaribe e a possibilidade de formação profissional dos munícipes na área da medicina veterinária é o crescimento do número de pessoas que têm animais domésticos nos centros urbanos e na zona rural. Isto  exige do poder público a disponibilização de serviços profissionais, notadamente para o acompanhamento dos rebanhos, ações sanitárias, zoonose e implementação de tecnologias que demandam a aplicação dos conhecimentos em tela.

 Ainda em fortalecimento ao pleito tem-se que, no município de Limoeiro do Norte, já se encontra implantado um campus da UECE, representando a interiorização do curso em referência, uma das maiores conquistas para atendimento da população residente em Alto Santo, Ererê, Iracema, Jaguaretama, Jaguaribara, Jaguaribe, Morada Nova, Palhano, Pereiro, Potiretama, Quixeré, Russas, São João do Jaguaribe e Tabuleiro do Norte, além do município solicitante, integrantes da região e adjacências.

.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here