Eusébio e Pindoretama têm as maiores densidades entre os municípios do Litoral Leste cearense

0
80
Eusébio e Pindoretama têm as maiores densidades entre os municípios do Litoral Leste cearense

Por Ricardo Oliveira Ruiz e Equipe Ceará Leste

Comparativo de indicadores geosocioeconômicos de 2020 das áreas de demografia, saúde, educação, infraestrutura e economia dos 184 municípios cearenses é objeto do estudo “Painel de Indicadores Sociais e Econômicos: Os 10 maiores e os 10 menores municípios cearenses 2021”, do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece).

O estudo está distribuído em 28 quadros. A demografia com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE 2021); a economia (2014-2019) com PIB a preços de mercado R$ (milhões), PIB per capita, setor da agropecuária, setor industrial e setor de serviços.

Ademais, a infraestrutura com energia elétrica (2020), ligação ativa de água (2015-2020) e esgotamento sanitário 2020; e o social com taxa de mortalidade infantil (2020), notas dos 5º e 9º Anos do Spaece (2019), IDEB 2019, Relação Anual de Informações Sociais (RAIS 2020), e benefícios da Previdência Social 2020.

Quanto à densidade demográfica 2015-2021 (hab./km2), Eusébio e Pindoretama estão entre as 10 maiores cidades, ocupando, respectivamente, o 4º e o 9º lugares no ranking estadual. Em 2015 e em 2021, Eusébio com 648,67 e 698,25; Pindoretama com 272,95 e 283,17. A capital Fortaleza ocupa o 1º lugar nesse ranking.

Na economia (2014-2019), entre os 10 maiores, Eusébio e Aquiraz no PIB a preços de mercado (7ª e 8ª posições), e no PIB per capita (2º e 4º lugares); Eusébio no 5º lugar no setor industrial; e Beberibe o 3º lugar no setor agropecuária. Entre os 10 menores: Eusébio no setor agropecuária (7º lugar) e Beberibe em 9ª posição no setor de serviços.

Nos 10 maiores na arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS 2015-2020 (R$ mil), Aquiraz e Eusébio ocupam o 4º e o 5º lugares, respectivamente. Fortaleza é a 1ª entre as 10 maiores e Granjeiro a 10ª entre as 10 menores.

As informações da saúde compreendem 2015-2020. Eusébio ocupando o 2º lugar entre os 10 maiores quanto ao número de médicos ligados ao SUS por mil habitantes. Cascavel aparece em 8º lugar entre os 10 menores com relação à taxa de mortalidade infantil por mil nascidos vivos, saindo de 9,46 em 2015 para 2,97 em 2020.

No âmbito da educação, pontua-se tão-somente o IDEB (2017-2019) e o Spaece (2014/16/17/18/19) da 3ª série do Ensino Médio na rede estadual. Beberibe entre os 10 maiores no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) com 4,5 e 5,1, e Pindoretama, entre os 10 menores com 3,3 e 3,7.

No Spaece (Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará), Pindoretama configura-se no 7º lugar entre os 10 menores no Desempenho em Português com indicação de Padrão Crítico, e na mesma posição no Desempenho em Matemática com Padrão Crítico em 2014 e 2019 e Padrão Muito Crítico em 2016/17/18.

Cumpre ressaltar que, as cidades do litoral leste cearense não constam nas informações sobre o IDEB das séries iniciais e finais do ensino fundamental da rede municipal, assim como dos 5º e 9º Anos do ensino fundamental em Português e Matemática do Spaece.

No indicador emprego, Eusébio (6º lugar com 37.360) e Aquiraz (8º lugar com 17.337) aparecem entre os 10 maiores no número de empregos formais por grande agrupamento de atividade econômica de 2020, que abrange a agropecuária, construção, indústria, comércio e serviços.

Com relação à evolução do emprego formal, o município do Eusébio ocupa a 3ª posição entre os 10 maiores com 14.120 admitidos e 12.293 desligados, contabilizando um saldo de 1.827 empregos.

No item consumo de energia elétrica 2015-2020 (MWh), destaque para Aquiraz (6º lugar), Eusébio (7º lugar) e Aracati (10º lugar) que estão entre os 10 maiores. Quanto aos consumidores desse item, Aquiraz classifica-se entre as 10 maiores (9º lugar) com aumento de 36.011 para 41.157.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here